BUSCAR
Twitter
Twitter
Instagram
Facebook

Notícias

ADEUS A BORIS SCHNAIDERMAN
19/05/2016

por Julio Mendonça

Esta famosa tradução dos versos iniciais do poema “A Serguéi Iessiênin”, de Maiakóvski, não são de Boris Schnaiderman, mas de Haroldo de Campos. Entretanto, não teria sido possível sem a imensa contribuição de Boris, que ensinou russo para Haroldo e Augusto de Campos e com eles compartilhou o esforço de tradução que resultou em dois livros fundamentais na cultura brasileira recente: Maiakóvski – Poemas, de 1967, e Poesia Russa Moderna, de 1968.

Schnaiderman nos deixou, ontem, aos 99 anos. Além dessas marcantes parcerias com os irmãos Campos, realizou, ainda, outras grandes contribuições na tradução, de Dostoiévski e Tolstói a Guenádi Aigui. Na crítica, destacam-se seus livros A Poética de Maiakóvski e Tradução- Ato Desmedido. Na sua extensa obra tem papel importante, também, seu trabalho de memorialista. Boris Schnaiderman foi um dos autores mais importantes para a cultura brasileira nos últimos 60 anos e seu legado ficará para as futuras gerações.

O corpo de Boris está sendo velado até as 14h de hoje, 19 de maio, no Centro Universitário Maria Antonia.

 

Foto: Valter Fontes/Coperphoto/Estadão Conteúdo/Arquivo

 

 

 


CASA DAS ROSAS
ESPAÇO HAROLDO DE CAMPOS DE POESIA E LITERATURA
+55 (11) 3285.6986 | 3288.9447 contato@casadasrosas.org.br
Av. Paulista, 37 Bela Vista CEP 01311-902 São Paulo Brasil
HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DO MUSEU
Terça-feira a sábado, das 10 às 22h
Domingos e Feriados, das 10 às 18h.
(Passível de alteração, de acordo com a programação).
TRABALHE CONOSCO COMPRAS E CONTRATAÇÕES RELATÓRICO DE ATIVIDADES CONTRATO E GESTÃO OUVIDORIA SECRETARIA DA CULTURA Portal da Transparência Estadual
www.transparencia.sp.gov.br