BUSCAR
Twitter
Twitter
Instagram
Facebook
 
HAROLDO DE CAMPOS C. R. HAROLDO DE CAMPOS ACERVO HAROLDO DE CAMPOS CATÁLOGO DO ACERVO BIBLIOGRÁFICO REVISTA CIRCULADÔ REVISTA CTRL+ VERSO COOPERATIVA DA INVENÇÃO
BUSCAR
Twitter
Facebook

Edições Anteriores

APRESENTAÇÃO
EXPEDIENTE
EDIÇÕES ANTERIORES
CONTATO
   

REVISTA CIRCULADÔ - Edição 6

2017

       
   

REVISTA CIRCULADÔ - Edição 5

2016

       
   

REVISTA CIRCULADÔ - Edição 4

2016

       
   

REVISTA CIRCULADÔ - Edição 3

2015

       
   

REVISTA CIRCULADÔ - Edição 2

2014

A antiga Transluminura agora se chama Circuladô. O nome estava lá em Haroldo e o Caetano musicou; além disso, mantém o conceito básico de translação e diálogo entre diferentes códigos e culturas – presente no nome anterior – e apresenta a revista como um veículo que pretende fazer as ideias e inquietações criativas circularem.
O sucesso da publicação recente da poesia completa de Paulo Leminski (o livro “Toda Poesia – Paulo Leminski”, da Editora Companhia das Letras, que atingiu o 1º lugar no ranking dos livros mais vendidos) não lança luz, na mesma proporção, em sua obra em prosa – particularmente, em sua prosa de invenção desenvolvida no romance-ideia Catatau. A Circuladô dedica atenção especial a essa obra fundamental do poeta curitibano que, aliás, para escrevê-la, teve como uma de suas referências as Galáxias, de Haroldo de Campos.
Na seção Invenção, o leitor encontrará traduções de duas peças de Gertrude Stein, de trecho do Finnegans Wake, de James Joyce, além de traduções de obras de Leminski e Haroldo para o espanhol: uma página doCatatau, do primeiro; um fragmento das Galáxias e o poema Finismundo, do segundo. 
Destacam-se, também, dois artigos que abordam a poesia de Augusto de Campos e o vigor de sua constante renovação, seguidos de um artigo sobre poesia e tecnologia. 
A seção Galáxia Haroldo apresenta a importante entrevista com Boris Schnaiderman sobre sua amizade e colaboração com o autor de Crisantempo, republica um texto de Haroldo sobre o Catatau e traz um texto de Frederico Barbosa que lança uma visada poética sobre o conjunto da obra do poeta patrono desta revista.

         
   

REVISTA TRANSLUMINURA - Edição 1

2013

A revista Transluminura – de Estética e Literatura – é uma iniciativa do Centro de Referência Haroldo de Campos e será uma publicação anual dedicada a temas de estética e literatura. O foco da revista será a obra do poeta Haroldo de Campos, que se propõe a abordar o diálogo entre diferentes poéticas e da poesia com outros discursos. O primeiro número, intitulado Haroldo e outros, enfoca o caráter dialógico da obra do poeta paulistano, destacando sua afinidade com outros escritores e filósofos. Os autores do primeiro número são Antônio Sérgio Bessa, Aurora Bernardini, Charles Perrone, Elisabeth Walther-Bense, Horácio Costa, Leda Tenório da Motta, Lucia Santaella, Luiz Costa Lima e Márcio Seligmann Silva. Transluminura é a palavra com que Haroldo de Campos nomeia a operação de releitura/reescritura de outros autores em seus próprios livros de poemas ou “conjunto de textos reimaginados”, segundo o poeta.

 
         

 


CASA DAS ROSAS
ESPAÇO HAROLDO DE CAMPOS DE POESIA E LITERATURA
+55 (11) 3285.6986 | 3288.9447 contato@casadasrosas.org.br
Av. Paulista, 37 Bela Vista CEP 01311-902 São Paulo Brasil
HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DO MUSEU
Terça-feira a sábado, das 10 às 22h
Domingos e Feriados, das 10 às 18h.
(Passível de alteração, de acordo com a programação).
POIESIS
TRABALHE CONOSCO COMPRAS E CONTRATAÇÕES RELATÓRICO DE ATIVIDADES CONTRATO E GESTÃO OUVIDORIA SECRETARIA DA CULTURA Portal da Transparência Estadual
www.transparencia.sp.gov.br