BUSCAR
Twitter
Twitter
Instagram
Facebook

Agenda

Evento Especial

DIREITO À POESIA - ANIVERSÁRIO DE 11 ANOS DA CASA DAS ROSAS

12/12 às 14h.

sábado, 12 de dezembro de 2015, a partir das 14h


A Casa das Rosas – Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura chega a seu 11º aniversário. Durante todo este período, uma das marcas da Casa tem sido a defesa intransigente do direito à poesia. Consideramos esse um direito humano fundamental. Assim, celebramos tanto o aniversário do Espaço, quanto o Dia Internacional dos Direitos Humanos, com aquilo que nossos visitantes mais gostam: poesia e literatura. Durante todo o dia serão ministradas oficinas de produção textual e de extroversão para todos os gostos e com um time de peso. Venha comemorar com a gente!

PEGUE LIVROS 
organização: Centro de Apoio ao Escritor 
das 14h às 17h

Durante o aniversário da Casa das Rosas, o CAE promove a doação de centenas de livros de diversos gêneros e autores, para leitores de todas as idades e gostos. Cada visitante poderá escolher e levar até três livros, gratuitamente. 

 

OFICINAS:

 

OFICINAS DE PRODUÇÃO
Em dois horários, às 14h e às 15h.

HAITROPIKAI (20 vagas)
com: Claudio Daniel

Oficina de criação com foco no haicai, gênero poético japonês formado por apenas três versos que expressa a relação entre o homem, a natureza e o universo, conforme a filosofia do zen-budismo. O haicai privilegia a concisão, a síntese, as imagens, o humor e a coloquialidade, e teve diversos praticantes na poesia brasileira, entre eles Millôr Fernandes, Paulo Leminski e Alice Ruiz.

Claudio Daniel, poeta, tradutor e ensaísta, é doutor em Literatura Portuguesa pela USP. Foi curador de Literatura e Poesia no Centro Cultural São Paulo (CCSP) e é colunista da revista CULT. Publicou, entre outros livros de poesia, Cadernos Bestiais (Lumme Editor, 2015) e o Livro de Orikis (Patuá, 2015).

OFICINA DE MICROCONTO (20 vagas)  
com: Marcelino Freire

Na era da comunicação rápida é natural que se trabalhe cada vez mais com gêneros que acompanhem essa dinâmica. Aforismos, haicais e microcontos ganham espaço principalmente como manifestação na rede social Twitter, que tem como limite o uso de 140 caracteres. Nesta oficina serão trabalhadas narrativas muito curtas, em que a síntese se torna a grande ferramenta de escrita, aliada à narratividade. 


Marcelino Freire é escritor. Em 2004 organizou a antologia Os cem menores contos brasileiros do século (Ateliê Editorial), e em 2006 publicou Contos Negreiros (Editora Record), pelo qual recebeu o Prêmio Jabuti.

OFICINA DE RIMA (10 vagas)
com: Frederico Barbosa

A rima é um dos recursos poéticos mais tradicionais e recorrentes, por isso mesmo deve ser utilizada com bastante consciência. Nesta micro-oficina discutiremos o conceito e experimentaremos o uso de formas alternativas de rima, como as toantes e as internas.


Frederico Barbosa é poeta, professor e gestor cultural, publicou nove livros de poesia e foi agraciado com dois prêmios Jabuti, por Nada Feito Nada (Perspectiva, 1993) e Brasibraseiro (Landy, 2004). Desde 2004 é Diretor da Casa das Rosas – Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura em São Paulo.

A IMAGEM NO POEMA (20 vagas)
com: Reynaldo Damázio


A metáfora é uma figura de linguagem essencial na composição do poema e representa um mecanismo de fabulação ancestral. Na oficina serão realizados breves exercícios de criação baseados em poemas de autores conhecidos e em seu trabalho com as imagens.

Reynaldo Damázio é escritor, crítico literário e coordenador do Centro de Apoio ao Escritor (Casa das Rosas). Publicou, entre outros livros, Horas perplexas (Editora 34, 2008) e Literatura e cidadania, em parceria com Tarso de Melo (Dobra Editorial, 2013).


OFICINAS DE EXTROVERSÃO, A PARTIR DO QUE FOI REALIZADO NAS OFICINAS DE PRODUÇÃO
Em dois horários, às 16h e às 17h.  


OFICINA DE SPOKEN WORD (20 vagas)
com: Roberta Estrela D’Alva


O spoken word é uma modalidade de poesia falada que será trabalhada a partir de exercícios práticos que envolverão depoimento, escrita, voz, respiração, dicção, interpretação, a relação do texto escrito com a fala, a postura cênica do corpo e a teatralidade da performance.

Roberta Estrela D’Alva é atriz-MC, diretora, diretora musical, pesquisadora e slammer, membro fundador do Núcleo Bartolomeu de Depoimentos e do coletivo Frente 3 de Fevereiro. É idealizadora e slammaster do ZAP! Zona autônoma da Palavra, primeiro poetry slam (campeonato de poesia) brasileiro.


OFICINA DE ORALIDADE E DECLAMAÇÃO (20 vagas)
com: Marco Pezão


Tarefa nem sempre fácil, declamar uma poesia pode transmitir ao ouvinte uma série de sentimentos. Pensando nisso, convidamos uma autoridade no assunto: Marco Pezão, que comanda o sarau “A Plenos Pulmões”, na Casa das Rosas, além de ser um dos fundadores do “Sarau da Cooperifa”, e que trará toda a sua experiência para este encontro.

Marco Pezão é poeta e agitador cultural. Foi um dos fundadores do “Sarau da Cooperifa”, ao lado de Sérgio Vaz, e comanda o sarau “A plenos pulmões”, na Casa das Rosas.


OFICINA DE PERFORMANCE (20 vagas)
com: Daniel Minchoni


Falar poesia é acima de tudo palavras, mas também corpo. É postura de poeta. Falar poesia, mesmo curta, é mostrar seu ritmo. Impor sua presença no texto. Nesta micro-oficina de fala poética daremos corpo ao texto. E texto ao corpo.

Daniel Minchoni é poeta e performer, criador do “Sarau do Burro” e do “Menor slam do mundo”. Idealizou também o videoclipe Literatura ostentação.


ZINEPRESENTE (10 vagas)
com: Ana Basaglia


Venha comemorar o aniversário da Casa das Rosas e faça seu zine de presente (para você ou para a Casa), produzido a partir dos textos escritos durante as oficinas. Amplie, assim, a discussão acerca de autoria, autonomia, independência na produção dos próprios textos, apropriação e comunicação.

Ana Basaglia é designer gráfica, ativista/feminista, editora, zineira e curiosa, e está pesquisando, no mestrado, as relações entre fanzine, design gráfico e educação.

 

OFICINA PASTA E POESIA (10 vagas)
Em dois horários, às 14h e às 16h. 
com: Kleber Gutierrez

Quer entreter seus convidados com uma Pasta Artesanal produzida como há 500 anos na Itália medieval? E ainda com poesias autorais? Kleber Gutierrez é poeta, jornalista, cozinheiro, cineasta, ator... É o homem à frente do projeto “Delícias do Poeta”, espaço de cultura e gastronomia dentro da Cia. da Revista, no centro de São Paulo. Enquanto todos aprendem como produzir a iguaria, as poesias de Gutierrez tornam o ambiente mais filosófico e reflexivo.

  

PERFORMANCE

às 16h30

 

SILENCIO VACÍO, DE RODOLFO MATA

com: Rodolfo Mata

mediação: Júlio Mendonça

O poema multimídia Silencio vacío, do poeta mexicano Rodolfo Mata, convida o leitor a uma leitura interativa. Suas decisões, pensadas e traduzidas em ações, executam-se sobre o espaço de palavras construído e determinam para onde se move o universo do poema, suas imagens e seus sons. Nesta performance, realizada pelo próprio autor, o público será convidado a percorrer as possibilidades estéticas do meio eletrônico. Ao fim ocorrerá um bate-papo entre Rodolfo Mata e Júlio Mendonça, coordenador do Centro de Referência Haroldo de Campos, da Casa das Rosas.

 

Rodolfo Mata é autor dos livros de poesia Parajes y paralajes (Aldus, 1998), Temporal (CNCA, 2008) e Qué decir (Bonobos, 2011), e do poema eletrônico Silencio vacío (http://unoyceroediciones.com/, Valencia, 2014). Organizou diversas antologias sobre autores brasileiros, além de traduzir e prefaciar outros tantos, como Haroldo de Campos, Paulo Leminski, Rubem Fonseca, Dalton Trevisan, Antonio Candido e Sebastião Uchoa Leite.

 

BATE-PAPO

às 18h

POLÍTICAS PÚBLICAS PARA POESIA E DIREITOS HUMANOS

com: Lau Siqueira e Frederico Barbosa

Neste bate-papo os poetas Lau Siqueira e Frederico Barbosa, também diretor da Casa das Rosas – Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura, conversam com o público sobre políticas públicas para o fortalecimento e extroversão da poesia.

Após o encontro, Lau Siqueira autografa seu novo livro "Livro Arbítrio".

 

SARAU POR DIREITO

das 19h às 21h
* As inscrições serão feitas 1h antes do sarau, apenas para os participantes das oficinas.

Este é o momento de dar voz às poesias e microcontos que foram produzidos durante o dia, afinal, a poesia é um direito e ouvi-la é um prazer. Venha compartilhar sua poesia e celebrar o aniversário da Casa. O microfone está aberto para todos que fizeram parte da comemoração!

 

 

 

CASA DAS ROSAS
ESPAÇO HAROLDO DE CAMPOS DE POESIA E LITERATURA
+55 (11) 3285.6986 | 3288.9447 contato@casadasrosas.org.br
Av. Paulista, 37 Bela Vista CEP 01311-902 São Paulo Brasil
HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DO MUSEU
Terça-feira a sábado, das 10 às 22h
Domingos e Feriados, das 10 às 18h.
(Passível de alteração, de acordo com a programação).
Governo do Estado de São Paulo