BUSCAR
Twitter
Twitter
Instagram
Facebook

Agenda

Sarau

Dia a Dia: Uma Questão de Poesia

Por Juliano Caravela

19/11 16h | atividade presencial

Curador: Juliano Caravela

Com Fábio Mosca, Germana Zanettini, Gracy Morais, Lina Molina, Patricia Lacombe e Vitor Miranda

Sábado, 19 de novembro de 2022, das 16h às 18h


O sarau tem o objetivo de dar espaço à expressão poética contemporânea. Grupos de autores são convidados a compartilhar amostras de seus trabalhos, por meio da leitura de poemas ou de apresentações que, por vezes, misturam literatura a outras linguagens como a música, o audiovisual e a performance.

 

Atividade realizada presencialmente, no jardim da Casa das Rosas. Não há necessidade de inscrição.

 

Fábio Mosca iniciou-se na música por volta dos nove anos de idade, batucando em latas de tinta da Suvinil. Estudou bateria com Lenilson Silva, ex-baterista do Sargentelli. Mais tarde, nos anos 2000, fez aulas de percussão com o Mestre Formiga, especialista em congas e bongô, renomado músico paulistano com que participou do grupo de percussão Anabacoa. Foi músico do Márcio Mendes, vocalista do Trio Los Angeles; colaborou como percussionista nos corais da Mercedes Bens do Brasil e da Thyssen Krupp do Brasil; percussionista do coletivo O Maravilhoso Escritório Teatral; abriu shows do trombonista Bocato e do pianista João Cristal.

 

Germana Zanettini é poeta e editora. Eletrocardiodrama, seu livro de estreia, recebeu o 1º lugar no Prêmio Academia Rio-Grandense de Letras e está em sua terceira reimpressão. Seus poemas já integraram a exposição Poesia Agora, realizada no Museu da Língua Portuguesa, e têm circulado por aí por conta própria: estampando muros, museus, protestos, camisetas e performances nos palcos. Em 2020 apresentou seus poemas no show Instrumental Poesia, no Sesc Avenida Paulista, acompanhada de uma banda de rock.

 

Gracy Morais é poeta, cantora, performer, licenciada em História, comunicadora social, produtora cultural independente e atualmente se dedica também ao Canto Popular, na Etec de Artes- SP. É uma artista maranhense e vive em São Paulo há alguns anos. Iniciou-se na vida artística com a dança popular Bumba-meu- boi, participando de grupos culturais na sua cidade natal (Caxias) e dançando individualmente, na mesma cidade atuou como repórter e radialista por quatro anos. Lançou-se na música como autodidata e foi se apresentar nos saraus e eventos culturais por São Paulo. Em março de 2020, aconteceu o lançamento de sua primeira coletânea pela a editora Palavra é Arte, com dez poemas publicados, entre outras publicações em coletâneas, fanzines e mídias digitais.

 

Juliano Caravela é poeta da Experiência. Canta, pousa e convida à poesia e meditação. Sua obra é uma degustação de poemas, melodias e insights da experiência cotidiana autobiográfica, com influências poéticas que vão do abstrato ao concreto haicaísta e musicais que vão da bossa nova ao pop brasileiro. Desconstrói e brinca com arquétipos, modelos e personagens, inverte a linguagem, instiga e promove em suas canções, versos e entrelinhas uma cosmologia poética da imanência. Ministra palestras e cursos sobre a poética no cotidiano. Curador idealizador do Sarau das Editoras e “Dia a dia: uma questão de poesia” na Casa das Rosas, além de gestor do Espaço Cultural de Arte Meditação AveVenus, em São Paulo. Publicou Samadhi – Vértebras em que versos correm (2016, Confraria do Vento) e o álbum poético-musical Transeunte (2018). Seus clipes e vídeos estão disponíveis no YouTube: Juliano Caravela.

 

Lina Molina se observa como artista, no entanto, não se dá fim à rótulos. A rotina a desloca e recoloca no trilho das artes e, neste sarau, retorna às letras que tantas vezes imprimiram seu jeito de expressar. Hoje leciona direção de arte para cineastas animadores e performa nas artes visuais sempre que o encantamento dá o ar da graça. Publica suas e crônicas e ensaios literários no seu blog. É fundadora do centro de arte e meditação Ashram Cultural Ave Venus na Vila Mariana (SP).

 

Patricia Lacombe  é mãe, artivista e  professora. Feminista, arte-educadora e pesquisadora. Mestra em políticas sociais e Doutora em artes pela UNESP/SP. Especialista em linguagens, direitos humanos na gestão cultural, violência institucional e familiar e ética e cidadania pela FE/USP.  Graduada em pedagogia e artes visuais pela FAMEC. Possui pós-doutorado em curso pela EACH/USP.

 

Vitor Miranda é poeta e contista. Publicou livros de poemas, com destaque para A gente não quer voltar pra casa  e o livro de contos O que a gente não faz para vender um livro?.  Outro livro publicado, Poemas de amor deixados na portaria, deu origem à Banda da Portaria, projeto musical poético no qual faz parte como letrista e poeta. Junto com a banda lançou nove singles, destacando "Vida", em parceria com a poeta Alice Ruiz, e a recém lançada "Água", música e videoclipe de protesto com participação de André Abujamra. É também criador e entrevistador do podcast "Prosa com Poeta".

CASA DAS ROSAS
ESPAÇO HAROLDO DE CAMPOS DE POESIA E LITERATURA
+55 (11) 3673-1883 contato@casadasrosas.org.br
Av. Paulista, 37 Bela Vista CEP 01311-902 São Paulo Brasil
HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DO MUSEU
O museu está sendo restaurado. Durante o período do restauro, o jardim funciona de segunda a domingo, das 7h às 22h

Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de SP

Este site utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.
Consulte sobre os Cookies e a Política de Privacidade para obter mais informações.

ACEITAR