BUSCAR
Twitter
Twitter
Instagram
Facebook

Agenda

Recital

FOME DE FORMA

Por Antonio Vicente Seraphim Pietroforte, Caco Pontes e Laís Reis

16/11 das 19h às 21h

Organização: Antonio Vicente Seraphim Pietroforte

Com Caco Pontes e Laís Reis

Sábado, 16 de novembro de 2019, das 19h às 21h

 

Inspirado no livro homônimo de Haroldo de Campos, o recital reúne poetas de gerações e movimentos diferentes para discorrer sobre sua prática artística e recitar poemas que integram sua obra. Nesta edição, receberemos o poeta e multi-artista Caco Pontes e a video-poeta Laís Reis.

 

-

 

Antonio Vicente Seraphim Pietroforte é formado em Português e Linguística pela FFLCH — USP, a mesma faculdade em que leciona desde 2002, atuando na graduação em Letras e na pós-graduação em Semiótica e Linguística Geral e em Estudos Comparados em Literaturas de Língua Portuguesa. É autor de 10 livros de ensaios semióticos, 6 livros de poesia, 3 romances, 1 volume de contos; fez os roteiros de duas novelas gráficas e organizou 4 antologias. Atualmente, escreve nos sites Pararraios Comics, Musa Rara e Carta Maior; é um dos responsáveis pela pós-graduação em Criação Literária, da FFLCH-USP.

 

Caco Pontes é poeta e multi-artista. Autor de 4 livros, publicou em diversas antologias, coletâneas e revistas. Integrou o coletivo Poesia Maloqueirista por mais de uma década. Participou de festivais no Brasil e no exterior (Argentina, Chile e México). Já se apresentou ao lado de Ava, BNegão, Karina Buhr, Siba, Juçara Marçal, Edgar, KL Jay, Elisa Lucinda e Lirinha. Produziu e lançou discos dos projetos literomusicais Baião de Spokens e Stereotupi. Idealizador do Verso Móvel Sound System. Criou performance-show para a Mostra Errática, programação que integrou a exposição "Tom Zé 80 Anos", na Caixa Cultural SP. Concebeu e dirigiu o espetáculo “diaspOralidade”, reunindo artistas de Angola, Congo, Cuba e Síria (Museu do Ipiranga). Realizou o laboratório de criação Palavra Tot@l, na residência Labsonica Oi Futuro/RJ. Tem composiçōes em parceria com Alice Ruiz, Gustavo Galo, Jonathan Silva e Projetonave.

 

Laís Reis é vídeo-poeta. Tem formação em Letras, Português e Latim Clássico, pelas Universidades de São Paulo e Coimbra e realiza mestrado na mesma universidade em Filologia Portuguesa, estudando a vídeo poesia de Ernesto Melo e Castro. É poeta e proprietária do canal do Youtube Deslise. Participou da Cooperativa da Invenção: Poesia e Tecnologia (2017) e Curso Livre de Preparação de Escritores (CLIPE – 2019), na Casa das Rosas, onde também realizou a performance Estigmacão e a instalação Habitáculo Haroldiano, inspirada no poema a Máquina do Mundo Repensada, de Haroldo de Campos. Publicou o poema “Faixa 2” na revista Ctrl+Verso (giostri 2017) e lançou o poema-objeto, pelo coletivo Coopoética, Lucky Strike Duchampignon com o poema "Quando tudo gela" que foi publicado na revista digital Vício Velho (2018). Recebeu o prêmio de melhor vídeo-poema no concurso Desvairada de Poesia 2017 e 2019, com os vídeos “Poema de Verão, “Eu quero a Explosão” e “Ferramentas da Queda”.

 

Imagem: Caco Pontes (esquerda, foto de Jefferson Valério) e Laís Reis (direita, foto de divulgação)

 

CASA DAS ROSAS
ESPAÇO HAROLDO DE CAMPOS DE POESIA E LITERATURA
+55 (11) 3285.6986 | 3288.9447 contato@casadasrosas.org.br
Av. Paulista, 37 Bela Vista CEP 01311-902 São Paulo Brasil
HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DO MUSEU
Terça-feira a sábado, das 10 às 22h
Domingos e Feriados, das 10 às 18h.
(Passível de alteração, de acordo com a programação).
Governo do Estado de São Paulo