BUSCAR
Twitter
Twitter
Instagram
Facebook

Agenda

Bate-Papo

O CAFÉ DAS MUSAS: ENCONTRO PHILOPOÉTICO NA CASA DAS ROSAS

Por Contador Borges, Claudio Willer e Rodrigo Petronio

25/07 das 19h às 21h

Mediação: Contador Borges

Com Claudio Willer e Rodrigo Petronio

Quinta-feira, 25 de julho de 2019, das 19h às 21h

 

Neste encontro, um filósofo fala da importância da poesia em seu pensamento e em sua prática disciplinar, e um poeta faz o inverso, discorrendo sobre o papel da filosofia em seu fazer poético.

 

Contador Borges é mestre e doutor em filosofia pela USP, pós-doutor em teoria literária pela Université Paris-Diderot, e em linguística pela USP. Publicou como poeta, ensaísta e dramaturgo, os seguintes livros: Angelolatria (poesia, 1997), Wittgeinstein! (teatro, 2007), A cicatriz de Marilyn Monroe (poesia dramática, 2012), Insônia ou a sombra da lua (teatro, 2011), Obsceno amor (teatro, 2013), Augustinas & Franciscanas, com desenhos de Francisco dos Santos (poesia, 2013), Lautréamont anacrônico (ensaio, 2015), O fim da beleza e o fascínio da morte (ensaio, no prelo), Sobre o êxtase: Bataille, o suplício e a mística (ensaio, no prelo), e Amadores, com desenhos de Francisco dos Santos (poesia, no prelo), entre outros. Traduziu, pela Iluminuras, Aurélia, de Gérard de Nerval (1991), O nu perdido e outros poemas, de René Char (1995) e A filosofia na alcova, do marquês de Sade, entre outros livros; e, pela Lumme Editor, De rerum natura, poema de José Kozer, com desenhos de Francisco dos Santos (2013).

 

Claudio Willer é poeta, ensaísta e tradutor, ligado à criação literária mais rebelde, ao surrealismo e geração beat. Livros recentes: A verdadeira história do século 20, poesia (Apenas Livros, Lisboa, 2015); Os rebeldes: Geração Beat e anarquismo místico, ensaio (L&PM, 2014); Manifestos, 1964-2010, (Azougue, 2013), Um obscuro encanto: gnose, gnosticismo e a poesia moderna (Civilização Brasileira, 2010); Geração Beat (L&PM Pocket, 2009); Poemas para leer en voz alta (Andrómeda, San José, Costa Rica, 2007); Estranhas Experiências, poesia (Lamparina, 2004). Traduziu Lautréamont, Allen Ginsberg, Jack Kerouac e Antonin Artaud. Publicado em antologias e periódicos no Brasil e em outros países. Presidiu a UBE, União Brasileira de Escritores, em vários mandatos. Doutor em Letras na USP, onde completou pós-doutorado. Deu cursos, palestras e coordenou oficinas e outras atividades em uma diversidade de instituições culturais.

 

Rodrigo Petronio é escritor e filósofo, autor e organizador e editor de diversas obras. Doutor em Literatura Comparada (UERJ) e professor titular da Faculdade de Comunicação da FAAP, desenvolveu doutorado-sanduíche como bolsista Capes na Stanford University, sob orientação de Hans Ulrich Gumbrecht. Formado em Letras Clássicas (USP), tem dois mestrados: em Ciência da Religião (PUC-SP) e em Literatura Comparada (UERJ). Além de assinar colunas de revistas como Filosofia e e de jornais como Valor Econômico e O Estado de S.Paulo, publicou mais de duas centenas de artigos, resenhas e ensaios em alguns dos principais veículos da imprensa brasileira. Atualmente divide com Rodrigo Maltez Novaes a coordenação editorial das Obras Completas do filósofo Vilém Flusser pela Editora É. Coorganizador do livro Crença e Evidência: Aproximações e Controvérsias entre Religião e Teoria Evolucionária no Pensamento Contemporâneo (Unisinos, 2014), conjunto de artigos acadêmicos de professores brasileiros e estrangeiros sobre as relações entre ateísmo, religião e darwinismo.

 

CASA DAS ROSAS
ESPAÇO HAROLDO DE CAMPOS DE POESIA E LITERATURA
+55 (11) 3285.6986 | 3288.9447 contato@casadasrosas.org.br
Av. Paulista, 37 Bela Vista CEP 01311-902 São Paulo Brasil
HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DO MUSEU
Terça-feira a sábado, das 10 às 22h
Domingos e Feriados, das 10 às 18h.
(Passível de alteração, de acordo com a programação).
Governo do Estado de São Paulo